Gravataí lançou o Fórum Mundial de Educação 2012 nesta segunda-feira (10/10)

Com grande presença de autoridades da região, entidades e população em geral, a Prefeitura de Gravataí inaugurou na noite desta segunda-feira (10/10), a primeira etapa do prédio do ‘Quiosque da Legalidade’, localizado na Praça Leonel de Moura Brizola, no Centro. Um abraço simbólico ao Quiosque, formado por centenas de pessoas, orientado pelo Grupo Social de Biodanza (integrante do Comitê Organizador do FME) marcou também o lançamento do Fórum Mundial de Educação, que acontecerá no Município em janeiro de 2012.

O objetivo é promover um amplo debate e a elaboração de alternativas que visam, entre outros, o direito universal à educação com a participação das esferas públicas, governamentais ou não, coletivas ou de pesquisa como parte do debate e reflexão rumo à Cúpula dos Povos para o Desenvolvimento Sustentável Rio+20.

Segundo o coordenador da SE CI do Fórum Mundial de Educação, Albert Sansano, uma série de elementos levaram Gravataí a ser escolhida como a sede deste grande debate internacional sobre Educação. “Gravataí possui a segunda maior rede de ensino do Rio Grande do Sul e realizou encontros internacionais e congressos de Educação, que debateram as políticas públicas para a área juntamente com os movimentos sociais. Por todos esses avanços do Município na construção de redes para a democratização da Educação é que a cidade receberá este evento, em 2012, que contribuirá no debate para outro mundo é possível, com uma sociedade mais justa e mais sustentável”.

Sansano explicou que o evento é um movimento que iniciou em Porto Alegre em 2001. “Ele funciona junto ao Fórum Social Mundial (FSM)”, afirmou. Em janeiro de 2012 ocorrerá o FME com o tema ‘Crise Capitalista, Justiça Social e Ambiental’. O evento ocorrerá na cidade de Porto Alegre e em cidades da Região Metropolitana.

De acordo com a prefeita, é uma grande satisfação para o Município sediar o Fórum, pois demonstra que Gravataí é referência da educação no Estado, com segmentos sociais representativos. “Aqui está a segunda maior rede de ensino do Estado e segmentos sociais de várias categorias organizados. Por tudo isso do Governo se esforçou para trazer o evento para Gravataí, em parcerias com instituições que nos proporcionam sediar esta atividade onde receberemos a participação de pessoas de diversos países”, enfatizou.

Segundo a titular da SMED, Ursula Jaeger, este convite vem ao encontro do trabalho realizado na cidade com os segmentos ligados ao tema educação. “Temos um Fórum Permanente da Educação que se mantém atualizado e com o diálogo aberto com a comunidade escolar”, frisou. Para a secretária, é muito satisfatório que o Município tenha sido apontado para sediar o Fórum Mundial de Educação. “Isto demonstra que Gravataí é referência em educação no Estado”, destacou.

Fonte: Gabinete da Prefeita

Fotos

Aquesta entrada ha esta publicada en ENSENYAMENT, MOVIMENTS SOCIALS, Noticies. Afegeix a les adreces d'interès l'enllaç permanent.

Deixa un comentari

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

Esteu comentant fent servir el compte WordPress.com. Log Out / Canvia )

Twitter picture

Esteu comentant fent servir el compte Twitter. Log Out / Canvia )

Facebook photo

Esteu comentant fent servir el compte Facebook. Log Out / Canvia )

Google+ photo

Esteu comentant fent servir el compte Google+. Log Out / Canvia )

Connecting to %s