Educadores decidem por Estado de Greve em unidade com o Movimento Unificado

Em Assembleia Geral realizada nesta sexta-feira, dia 11, os educadores decidiram que, a partir da próxima segunda-feira, dia 14, estarão em Estado de Greve em unidade com o Movimento Unificado dos Servidores Públicos.
Cerca de 5 mil professores e funcionários de escola lotaram o Pepsi on Stage, local onde foi realizada a Assembleia. Um telão foi colocado ao lado de fora para aqueles que não conseguiram entrar no local, devido a ocupação máxima do ambiente.
Ao abrir a Assembleia, a presidente do CPERS, Helenir Aguiar Schürer, lembrou que durante o Conselho Geral da entidade, realizado na manhã de hoje, a realidade relatada pelos conselheiros foi a de que a ampla maioria dos educadores sinalizou pela suspensão da greve. “O relato que recebemos dos nossos Núcleos foi o de que a ampla maioria da nossa categoria quer a suspensão da greve e a retomada das mobilizações em dias de votação na Assembleia e caso o governo volte a parcelar os salários. A unidade construída através do Movimento Unificado é uma grande conquista, é histórica”, observou.
“Essa é uma luta de longo prazo. Temos que estar unidos e mobilizados, pois só através da unidade teremos força para enfrentar esse momento crítico em nosso Estado”, observou o presidente da Fessergs, Sergio Arnoud, que participou como convidado no início da Assembleia.

Confira as propostas aprovadas aquí:

Aquesta entrada ha esta publicada en ENSENYAMENT, MOVIMENTS SOCIALS. Afegeix a les adreces d'interès l'enllaç permanent.

Deixa un comentari

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

Esteu comentant fent servir el compte WordPress.com. Log Out / Canvia )

Twitter picture

Esteu comentant fent servir el compte Twitter. Log Out / Canvia )

Facebook photo

Esteu comentant fent servir el compte Facebook. Log Out / Canvia )

Google+ photo

Esteu comentant fent servir el compte Google+. Log Out / Canvia )

Connecting to %s